Arte no ambiente montessoriano

kc_block_storage_unit

Pendurar obras de arte verdadeiras no ambiente da sala de aula. Eles devem ser pendurados no nível dos olhos da criança e mudados com frequência. Ela acreditava que as salas deviam ser bem mantidas, limpas e organizadas.

As crianças podem decorar a sala com flores, plantas e outros objetos encontrados na natureza, como galhos, pedras e conchas.

O objetivo da Arte Educação nas salas montessorianas é desenvolver a mão como ferramenta da mente. O método Montessori em geral enfatiza o treinamento da mão. Não há lições de desenho ou modelagem, há exercícios da vida prática que são artísticos por natureza. São atividades que incluem cortar, costurar, tecer, usar ferramentas, estêncils, etc. Crianças são livres para selecionar os materiais da prateleira de artes. Eles tem a responsabilidade de usar e cuidar do material e do espaço de trabalho. Crianças são encorajadas a pesquisar e preparar seu trabalho independentemente. Um projeto em grupo pode ser depositado em uma estação de trabalho por um período de tempo e as crianças são livres para adicionar a ele como preferirem.

Maria Montessori acreditava que uma criança se envolveria nas atividades de que ela necessitasse e para as quais estivesse pronta, caso contrário ela se distrairia e cansaria-se delas.

“O desenvolvimento do caráter é uma sequência natural de eventos resultando dos esforços individuais da criança, que não tem interferência de nenhum fator externo, mas depende de sua própria energia criativa.” (A Mente Absorvente)

Algumas escolas montessorianas não expõem os trabalhos das crianças porque elas podem sentir que seu trabalho está completo e parar de explorar. O professor não precisa dizer nada para a criança a menos que seja técnico como “você gostaria que eu lhe mostrasse como limpar?” ou “você gostaria de fazer outra colagem?”

Pinturas famosas podem ser introduzidas a crianças tão jovens quanto dois anos de idade através de uma coleção de impressões do tamanho de cartões postais. Eles podem tocá-las e passá-las adiante, identificar e reconhecer estilos e técnicas, e explorar livremente sem os comentários de um adulto. Discussões incluem perguntas como “Para onde vai essa estrada?” “Por que as árvores no topo parecem tão pequenas se comparadas com as da base?” “Onde você gostaria de estar nessa pintura?” “Como isso faz você se sentir?” “Ele parece igual visto de perto e de longe?”

Um grupo diverso de estilos deve estar disponível para exemplificar para as crianças que a arte possui expressão pessoal e ajudar a libertar a criança de ansiedades sobre seu próprio trabalho.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s